Histórico dos Sistemas Operacionais

Gerações

img

1ª Geração - Válvulas e Painéis com Plugs (1945 - 1955)

Na década de 40, já existia o primeiro computador digital, que claramente não existia um sistema operacional para ele. Porém sua existência era apenas no papel. Charles Babbage pr ojetou esta sua 'máquina analítica' porém ela nunca poderia saltar de um modelo matemático para a vida real já que as tecnologias da época não permitiam.
No início, não havia linguagens de programação: o programador inseria o painel de programação no computador e aguardava a execução de milhares de válvulas. Após 1950, introduziu-se as perfuradoras de cartões, e agora era possível escrever programas em cartões.

img

2ª Geração - Transistores e Sistemas Batch (1955 - 1965)

A segunda geração foi marcada pela introdução de transistores, que revolucionou o setor computacional e fez com que, agora, pudessem ser produzidos para serem comercializados e duráveis por um bom tempo. Destacam-se também os sistemas batch onde os programas eram carregados em fitas que eram gerenciadas por um computador especial, talvez considerado o primero Sistema Operacional. Utilizados para cálculos científicos e engenharia.

img

3ª Geração - CIs e Multiprogramação (1965 - 1980)

Uma das principais inovações da década de 60 foi o uso de circuitos integrados (CIs) ao invés de transistores separados. Além disso, a implementação da uma nova técnica nesses sistemas passou a ser muito utilizada: a multiprogramação, que executava programas alternadamente sem deixar a CPU ociosa. Apesar de eficaz, deparava-se com problemas de segurança e tempo de espera, que foram sendo solucionados com o desenvolvimento de novos SOs.

img

4ª Geração - Computadores Pessoais (1980 - presente)

Com o avanço dos LSI, surgem os microcomputadores, mais acessíveis à população, dando início a era dos computadores pessoais. Para acompanhar toda evolução e complexidade da computaçao nesta era, foram surgindo Sistemas Operacionais que davam conta de gerenciar cada nova tecnologia que era implementada. Microsoft, Laboratórios Bell e Apple eram os principais atuantes na década de 60. Desde então, todos os sistemas operacionais abordados vem sendo utilizados como base até hoje, sendo aprimorados e adaptados às novas tecnologias e melhorias de arquiteturas, como sistemas distribuídos de larga escala, sistemas embarcados, tecnologia móvel, etc.

Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação - USP São Carlos